Os 3 conceitos do Inspiramais inverno 2016

Para entender a moda é preciso conhecer e analisar muitas informações. A partir de então selecionar entre elas as que mais se adequam a seu perfil de público, sua capacidade produtiva e o momento evolutivo de sua confecção.

 

O Inspiramais é um evento que apresenta pesquisas, seleciona e organiza tendências estéticas em latência no mercado de consumo de moda. Isso envolve o comportamento das pessoas e diversos segmentos como vestuário, móveis, acessórios e artes diversas.

 

Neste mês a BOX foi ao Inspiramais em Caruaru conhecer as apostas do fórum de tendências para o inverno 2016. Isso mesmo, para o inverno 2016, ou seja daqui a um ano. Foram apresentados 3 conceitos estéticos do Inspiramais inverno 2016 que pela indicação do fórum podem ser pensados para públicos específicos dentro de uma mesma demanda de consumidores numa mesma coleção. Vamos lá:

 

Conceito 3:

Em ordem decrescente o conceito 3 agrupa inspirações para serem destinadas estrategicamente apenas numa pequena parte das coleções (10%) que se destina ao público mais inovador, que arrisca usar peças mais conceituais. O pertencimento é a abordagem estética que define esse conceito. Num mundo cada vez mais global o aspecto do pertencimento valoriza o artesanal, as identidades locais e elas são motivo de ostentação.

 

Martin Azua - atanados
Martin Azua – atanados

 

Entre outros elementos desse conceito estão: Desconstruído – referências brasileiras – curtido ao sol – tricolor – perfurado – simplicidade – atanado – pelo – chifre – madeira – tressê – foil – relevo – dourado – ouro – movimento – animal print – vermelho – rosa – textura – aveludado – formica – curvilíneo – pink – aspecto de tafetá.

 

Conceito 2:

Aqui o grupo de inspirações destina ideias para consumidores em maior número e já está em maior aceitação entre eles. Os processos de produção já passaram a ser melhor dominados e um novo ciclo de ideias começa a ganhar corpo. Na estação passada, esse conceito já foi do grupo anterior. Perceba que é evolutivo. Vale agora se deslocar. E esse caminho não é mais geográfico, pode ser visto entre os pontos que separam empresa/produto do consumidor. Com isso ganha força novos comportamentos onde o cliente interfe nos processos. Deslocar-se é sair do lugar comum, seja esse lugar o que se encontrar pela frente. Deslocar-se até mesmo da própria estética comum da moda e encontrar em outros ares objetos inspiradores para a coleção.

 

00030h_1280x1920
Hermès primavera 2015 – Márcio Madeira – Zeppelin Photo

 

Neste conceito a lista de outras estéticas agrupadas são: mineral – deslocamento – tons ferrosos – cristalizado – vulcânico – rochosos – novo drapeado – corda – aventura – canvas – boro – índigo – denin – gênero – uniforme – anos 70 – tricô – fibras – artesanal – bruto –

 

Conceito 1:

Esse é de mais fácil aceitação. No conceito 1 as ideias e inspirações já conseguem responder a uma maior uniformidade de desejos sociais. Evoluíram para ganhar o gosto da massa. E isso é bom, aqui a ordem é ganhar o uso massificado e vender bastante. Ainda que de forma múltipla e heterogênea, pois nenhuma coleção é igual. A suavidade da chuva é o ponto inicial que cria estampas, aquarela as cores e com transparências conecta o corpo com a natureza, reflete luz. O brilho de existir é pura ostentação.

Patrick Jouin - bolhas
Patrick Jouin – bolhas

 

No conceito 1 estão listados os seguintes pontos estéticos: chuva – pesponto – chuva de diamenta – pontos de luz – gota – ausência de contorno – aquarelado – diluído – agressivo – delicado – frágil – natureza – tingimentos orgânicos – tie-dye – marsala – degradê – pena – borboleta – macro – panamá – animal print.

 

Finalizo dizendo que pode parecer cedo, mas as coisas na moda funcionam assim. É claro que é preciso com isso criar rotinas de trabalho planejadas para conseguir fazer o encontro das pesquisas com a criação, a produção e o marketing da confecção, tudo dentro de um calendário definido e acompanhado. Vamos estender mais essa publicação com outras explicações nas semanas seguintes. É só aguardar.

 

Algumas fotos nossas no Inspiramais inverno 2016 >

> Mônica Cavlcante, Aline Marques e Rodolfo Alves esperando começar o fórum, fazendo selfie engraçadinha.
> Mônica Cavlcante, Aline Marques e Rodolfo Alves esperando começar o fórum, fazendo selfie engraçadinha.

 

> Rodolfo, Netto Goldman > Tati Soares - selfie dos amigos encontrados.
> Rodolfo, Netto Goldman > Tati Soares – selfie dos amigos encontrados.
Rodolfo Alves
Rodolfo Alves
Rodolfo é o publicitário que vive escrevendo ideias e fuçando novidades. Ele adora comunicação e é apaixonado pela moda no mundo: seja ela nas passarelas de grifes famosas ou nas feiras populares do Brasil. Aqui é nosso editor de conteúdos e empreendedor do Box Fashion.
https://www.boxfashion.com.br

Cadastre-se e receba as últimas novidades do mundo da moda

Nome: *
E-mail: *